Prefeitura de Cabedelo reabre Biblioteca Aderbal Piragibe em novo local; Acervo é de 13 mil livros

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria de Cultura, inaugurou, na noite desta segunda-feira (24), a nova sede da Biblioteca Municipal Aderbal Piragibe, que agora passa a funcionar na Praça Getúlio Vargas, 79, Centro, das 8h às 22h, sem intervalo.

A noite de inauguração foi abrilhantada pela participação especial do músico Marcos Alcântara, que apresentou canções da MPB, e por um sarau poético coordenado pelo ator e poeta Heráclito Cardoso e toda equipe da secretaria de Cultura. O evento contou, ainda, com a apresentação especial do ator Alessandro Tcche, que recitou uma poesia caracterizado de Augusto dos Anjos. A programação de reabertura da Biblioteca se estenderá até esta quinta-feira (27) e inclui contação de histórias, sarau poético, sessão de cinema e lançamento de livros.

Fundada em 1974, a Biblioteca Aderbal Piragibe estava fechada desde dezembro de 2015, por não oferecer condições de funcionamento. O último prédio onde funcionava foi condenado por apresentar problemas nas instalações elétricas, inclusive, com ocorrência de princípio de incêndio.

O prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo Castelliano, ressaltou a importância da biblioteca e da leitura e afirmou que a força do trabalho é o combustível das realizações da gestão.

“Esse é um momento ímpar de nossa gestão, simplesmente, porque nós não podíamos matar a cultura da nossa cidade e aceitar que um acervo tão rico pudesse estar inacessível ao nosso povo. E então lutamos muito para agilizar tudo isso o mais rápido possível. Daqui pra frente, queremos sentir orgulho da cidade que nós moramos, e esse é mais um grande passo que estamos dando.Hoje é um dia de muita alegria e comemoração, e agradecemos a todos da equipe da Secretaria de Cultura e às demais parceiras, e também às pessoas que doaram livros para a atualização do acervo da biblioteca. Cabedelo tem tudo pra crescer e não podemos deixar de acreditar nisso”,disse.

O secretário de Cultura, Igobergh Bernardo, também destacou a biblioteca como importante ferramenta de formação social e de combate à marginalidade.

“Também sou artista e acompanho esse momento com muita emoção, porque ficamos sem a biblioteca por quase três anos e sofremos muito com esse fechamento. E eu lembro que a primeira ação que propus ao prefeito, quando recebi seu convite, foi exatamente a reabertura da biblioteca. Daquele dia em diante enfrentamos desafios diários para chegar até aqui e devolver esse patrimônio tão importante para a nossa cidade. A biblioteca reabriu e agora tem um conceito diferenciado, inclusive, inspirado na Pinacoteca de São Paulo, onde temos um local não somente para a consulta de conteúdos, mas para que a sociedade possa interagir com a nossa cultura viva. Por aqui passarão artistas, professores, alunos, contadores de histórias, o nosso povo…”.

Estrutura – O novo equipamento cultural e educacional da cidade possui prateleiras setorizadas de acordo com a CDU (Classificação Decimal Universal) e um acervo com mais de 13 mil livros (sendo 10.100 do acervo geral e 3.700 livros de literatura infantil).

As instalações físicas do novo prédio incluem, ainda, 1 Sala de Recepção, 1 Sala de reunião/Clube de leitura, 1 Espaço de vivência “Tia Beta” (com videoteca, brinquedoteca e área para contação de histórias), 1 Sala de estudo e pesquisas, 1 Sala para a Coordenação Geral de Processos Técnicos, 1 Copa, 1 Almoxarifado, 3 banheiros e um amplo espaço externo no Quintal Cultural (local onde acontecerão os saraus poéticos e também serão desenvolvidas capacitações e oficinas).

O secretário Igobergh justificou a homenagem à Tia Beta: “Ela foi uma arte educadora que se tornou uma das maiores contadoras de histórias da nossa cidade, então, nada melhor que reabrir esse equipamento público com essa justa homenagem traduzida em um espaço especial da nossa biblioteca”.

Dentre o público que compareceu à inauguração, o pequeno David Juan, de 7 anos, chamou atenção ao ao ler um livro enquanto as autoridades visitavam as instalações do novo prédio.

“A biblioteca é um espaço maravilhoso e um incentivo educacional para toda população. Temos que ensinar nossos filhos a ler e ter uma boa base. A leitura traz aprendizado e faz com que a gente possa colher bons frutos no futuro”, disse, orgulhoso, o pai de David, o comerciário Junio Belo.

A publicitária Shirley Borges foi a responsável por, em julho deste ano, criar o Clube da Leitura Cabedelo, que já possui 46 membros. Ela procurou a Secretaria de Cultura e sugeriu a criação de um espaço dedicado à valiosa iniciativa.

“É um grande prazer participar deste projeto, porque o nosso clube visa incentivar as pessoas sobre a importância da leitura e, agora, vai dispor de um local ideal para os encontros. O espaço está muito lindo, confortável e estou muito feliz com esse incentivo à nossa cultura. É necessário que tenhamos mais eventos assim, inclusive, com os autores de Cabedelo. Tem muita gente que gosta de ler e que precisa se encontrar nestes espaços”, afirmou Shirley anunciando que o próximo encontro do Clube da Leitura será na próxima quarta (27), às 20h, já na biblioteca.

Atendimento – A biblioteca atende a toda comunidade e alunos desde o infantil até o ensino médio e para o seu gerenciamento contará com a disposição de um corpo de funcionários públicos municipais formado por 1 Coordenadora Geral, 1 Coordenadora de Projetos, 12 Auxiliares de Biblioteca e 2 Auxiliares de Serviços. Para empréstimos de livros, os interessados devem fazer a carteirinha, levando consigo RG, CPF e comprovante de residência. Mais informações pelo telefone 3250-3240.

Programação da Semana

Dia 25 – Terça-feira
9h: Contação de história para alunos da Creche Pequeno Príncipe: Sala de vivência Tia Beta. Contadores: Heráclito Cardoso e Ewerton Joaquim

15h: Cinema infantil para alunos da Escola Marizelda Lira da Silva.

19h: Lançamento do livro infanto-juvenil ‘O casamento da dona baratinha’, autora Kátia Medeiros, ilustradora Analice Uchôa.

Dia 26 – Quarta-feira
9h: Contação de história para alunos da Creche Pequeno Príncipe: Sala de vivência Tia Beta. Contadora: Maria Magdalena Rocha Araújo.

15h: Cinema infantil para alunos da Escola Maria Pessoa.

19h: Lançamento do livro de literatura Até o limite, autora Mirna Andreza, escritora cabedelense.

Dia 27 – Quinta-feira
20h: Encontro do Clube de Leitura Cabedelo.